28. Relatórios

Rita Manuel Limas

Untitled-28

Relatório 1

A casa tem as seguintes medidas: 800cm x 700cm x 300cm

Vista Frontal:

Porta: 200cm x 100cm

·       Situa-se a 350cm da extremidade direita da casa e a 350cm da extremida de esquerda, também.

2 Janelas: 100cm x 100 cm , cada.

·       As janelas irão ser colocadas à esquerda e à direita da porta principal.

·       Serão postas a 160cm do chão e a 40cm do cimo da casa.

·       As janelas da frente da casa ficarão a 125cm de distância da extremidade esquerda (janela esquerda) e da porta. A janela direita irá ficar a 125cm da extremidade direita da casa e da porta, igualmente.

Vista Esquerda:

·       Haverá uma janela de correr de 300cm x 100cm.

·       Esta janela, que é a maior da casa, irá ficar a 160cm do chão e a 40cm do cimo da casa.

·       Haverá um espaço de 200cm entre a janela e as extremidades direita e esquerda.

Vista Direita:

Parede normal, sem elementos extra de 700cmX 300cm.

Vista de Cima:

·       2 Painéis Solares

- 1º Painel: 140cm x 100 cm

-2º Painel: 100cm x 90cm

·       Cano para a chuva escorrrer no canto superior direito com 20cm de diâmetro.

Vista de Trás:

·       Janela com 100cm x 100cm.

·       Situa-se a 475cm da extremidade direita e 225cm da extremidade esquerda.

·       Irá ser colocada ainda a 160cm do chão e a 40cm do topo da casa.

Divisão do Espaço Interior da Casa:

Quarto: 500cm x 300cm = 1500cm2

Sala/Cozinha: 800cm x 400cm = 2400 cm2

Escritório: 300cm x 300cm = 900 cm2

Casa de Banho (está situada dentro do quarto): 150cm x 150cm = 300cm2

Relatório 2

No relatório anterior tinha apresentado uma ideia pouco exequível, já que o esboço apresentava uma casa com um volume demasiado grande uma vez que o transporte não era possível.

Por isso, neste relatório vou reformular o trabalho, apresentando o meu novo projeto da casa:

-A casa será composta por 5 módulos principais, havendo um mais importante, o módulo central. Ou seja, quando a casa for desmontada e pronta para ser habitada vão ser abertas 4 portas (como se fossem portas de garagem). Depois de todas as portas abertas, retira-se uma placa (material a designar) para fora, correspondendo ao chão. Depois irá haver painéis, compostos por módulos que se abrem, prendem-se de uma determinada forma (a designar) e constituem uma parede.

-Quando a casa for montada outra vez para se deslocar para outro local, as paredes dobram-se na horizontal depois em quadrados, quase como um mapa. Os painéis do chão recolhem-se para dentro do módulo central as portas fecham-se (as portas quando fechadas são as faces laterais do cubo principal), ficando apenas um cubo.

-A altura da casa será de 2,5m. Os painéis do chão terão as medidas 2,8mx2,8m. Os 5 módulos, quer o central, quer os módulos anexados têm estas medidas. Ou seja a casa montada têm a área de 7.84 m2 (2,8x2,8) e desmontada pronta a ser habitada tem o quintuplo do tamanho pois passam a existir 5 vezes o módulo central. Ou seja a área passa a 39.2 m (2,8x2,8x5).

Scan


Relatório 3

Nesta semana foi realizado um trabalho, cujo objetivo era representar a nossa casa desmontável em três dimensões (perspetiva) pronta a ser habitada por dois humanos.

Depois de representada e desenhada em perspetiva, teríamos de a pintar e colocá-la no cenário mais adequado, escolhido por nós. Este esboço da casa seria uma representação da nossa ideia da casa-abrigo, caso a mostrássemos mesmo a um cliente ou a uma pessoa interessada na sua compra ou obtenção.

A minha casa está adaptada para diversos ambientes, desde o campo com pouca gente até uma cidade populosa cheia de arranha-céus. Escolhi pô-la num espaço mais humilde e rural com alguma vegetação rasteira e árvores à volta.

Para a cor da casa optei por um bege acastanhado, já que é uma cor sóbria e discreta e combina com quase tudo. Os painéis solares serão pretos e serão, também, dispostos  de forma a obter a maior quantidade de radiação possível.

Relatório 4

Durante esta semana focámo-nos essencialmente em terminar o projeto feito na semana anterior. Ou seja, acabámos a representação da casa móvel em perspetiva e, posteriormente, escolhemos a paleta de cor para o preenchimento do desenho. Como já disse, escolhi a cor bege-acastanhada, já que é sóbria e dá pouco nas vistas e no ambiente envolvente decide colocar relva de várias tonalidades, uma árvore, comparando a altura desta com a da casa e finalmente, coloquei duas pessoas para comparar a altura destas com a da casa. Todo este trabalho foi realizado maioritariamente na segunda-feira.

Na sexta-feira começámos a representar as vistas da casa, começando pela vista frontal (prinicipal), depois a vista de cima (planta) e finalmente a vista do alçado esquerdo.

A minha casa não tem sofrido grandes alterações a nível de medidas ou construção, uma vez que as aulas se têm baseado, sobretudo, em desenhos e projeções ortogonais.


Relatório 5

Durante esta semana, representámos as três vistas da casa-abrigo. A vista frontal, a vista de cima (planta) e a vista do alçado esquerdo. A vista de frente e do alçado esquerdo ficaram iguais, com as mesmas dimensões. No entanto, quando ia representar a vista de cima apercebi-me que as medidas estavam incorretas. Anteriormente as medidas de cada módulo seriam 2,8x2,8x2,5m , ou seja, a medida dos lados seria 2,8 e a altura seria 2,5m.

Porém, os módulos vão passar a ter 2,5m de lado e altura, pois como já tinha mostrado num dos relatórios anteriores as portas da garagem iam ter 2,5m de largura, havendo por isso uma incompatibilidade de medidas, porque essa medida vai corresponder à altura da casa, quando os módulos estiverem anexados uns nos outros, estando a casa pronta a transportar.

Logo, as medidas passam a ser as seguintes:

2,5x2,5x2,5m. Logo, a casa torna-se mais pequena tendo a área total de 25m, pronta a ser habitada.

Na representação das vistas era-nos deixado um espaço para representar o que quisséssemos. Eu utilizei esse espaço para fazer um esboço da montagem e encaixe das paredes. Apesar de paracer um método complicado, é simples e rápido.

Esboço da desmontagem da parede:

Microsoft WordScreenSnapz001


Relatório 6

Sendo este o último relatório, achei necessário falar de alguns pormenores sobre a casa, que irão representar os acabamentos desta.

Como já disse em relatórios anteriores, a casa vai ser composta por 5 módulos. Quando estes se desmontarem vai sobrar unicamente os painéis do chão, que serão posteriormente recolhidos para dentro da casa (com roldanas, possivelmente). Esses painéis quando estiverem dentro do módulo principal, deveriam estar em cima do painel do chão desse mesmo módulo, o que fazia com que o chão tivesse uma espessura muito larga. Então, tentei arranjar uma solução para resolver o problema. Quando esses painéis do chão fossem arrumados, o painel do chão do módulo principal, seria quase como uma tela (mas resisente, de modo a poder caminhar por essa parte), e abrir-se-ia, dando origem a um alçapão onde os restantes painéis do chão se arrumassem. Finalmente, a tela fechar-se-ia e havia apenas um painel do chão, correspondente ao do módulo principal. Irá, por isso, haver um espaço com uma determinada área para a arrumação dos painéis, logo terá uma certa espessura. Esse alçapão terá as medidas dos módulos, na largura e no comprimento, ou seja, 2.5mx2.5m e 14,5 cm de espessura (2.5cm de espessura de cada módulo + 2cm de espessura da base do alçapão).

Para além deste pormenor acerca do chão quero também referir, que o cimo da casa, o terraço, irá ter uma inclinação de cerca de 3cm e um cano na parte de trás de forma a chuva escorrer. O cano não estará dentro da casa mas será sim um cano exterior, sendo visível a qualquer um. O cano terá cerca de 7cm de diâmetro.

A casa também irá ter rodas na base de forma o transporte ser mais fácil.

A casa não irá ter janelas porque as paredes vão ser de um material semi-opaco, ou seja, a casa nunca estará sem luz. O problema do calor, vai ser resolvido colocando vários respiradouros na casa ou algo semelhante.

Todas as paredes e painéis do chão irão ter 2.5 cm de espessura.

Os painéis solares terão 70 cm de largura e comprimento e 3.5cm de espessura.


Trabalho crítico — número 23 - Pedro Tavares

Aspetos a ter em conta na avaliação dos relatórios:

·      Número de relatórios entregues;

·      Utilização de linguagem apropriadada, vocabulário adequado e sem erros ortográficos;

·      Explicitação dos assuntos necessários acerca da casa – abrigo, nomeadamente:

- Modo de montagem e desmontagem da casa;

- Número de pessoas residentes;

- Local destinado à colocação da casa;

- Planta (opcional).

O aluno entregou todos os relatórios, apresentado os seis com qualidade. A linguagem utilizada foi cuidada e clara. Não apresenta erros ortográficos.

O aluno nº23 demonstrou com clareza o modo como pretendia elaborar a montagem da casa, usando materiais adequados para tal (exemplo: a madeira para o telhado, as dobradiças que permitem estabelecer a ligação entre as paredes frontais e o telhado). Conseguiu minimizar o espaço ao máximo, diminuindo as dificuldades de transporte da casa. O projeto está muito bem concebido, com ideias muito inovadoras e práticas.

O aluno disse também o número de pessoas que iriam habitar a casa (2 pessoas) e que a casa se destinava a ser colocada num espaço florestal.

O Pedro apresentou também a planta, o que era facultativo. No entanto, deparou-se com um problema: como iria fazer a divisão do espaço, não comprometendo a desmontagem da casa. Decidiu pôr, então, pano preto e grosso, como uma tela, servindo de divisão dos espaços. A casa ficou dividida numa casa de banho, num quarto e numa cozinha, o essencial para 2 pessoas viverem, sendo uma “kitchenet” com boas dimensões.

Acho que não há pontos negativos nos relatórios apresentados por este aluno, no entanto, podia, às vezes, acrescentar um pouco mais de informação, acerca, por exemplo, dos materiais, entre outros. A medida da altura da casa deveria ser, na minha opinião, um pouco maior (por exemplo, 2,5m). Não sei também se a opção do pano preto será a ideal, porque nos dias de chuva o material, poderá ficar danificado e a casa pode, eventualmente, inundar.

No geral, a casa está muito bem planeada, com boas dimensões, muita originalidade e tem o mais importante: é prática e fácil de transportar.    

© José-António Moreira