21. Relatórios

Nuno André Taveira

Untitled-21


Relatório 1

O terreno escolhido para iniciar a construção será terra batida. A casa está desenhada para ser constituída por 4 compartimentos que durante a construção se unem, formando um paralelepípedo.Ainda em desenvolvimento: as peças de união e material utilizado para o chão, paredes, e tecto.Até agora, isto é tudo o que tenho de mais concreto. Pretendo complementar o projeto ainda com a planta e etc.

Relatório 2

Em adição ao que já escrevi no relatório anterior, tenho a acrescentar que as peças de união das paredes já começam a ganhar uma estrutura fixa, mas ainda em desenvolvimento. As medidas estão todas estipuladas. Iniciarei o mais cedo possível o desenho da casa de vista central.

Relatório 3

Alterei o terreno onde terá lugar a construção para 'floresta'. O desenho de perspectiva da casa está completo.De resto, nem para a frente nem para trás. Estou em branco, sem ideias para o resto da casa.

Relatório 4

Está tudo basicamente igual. Não há melhorias e por isso não muito para dizer neste relatório.

Relatório 5

O progresso da planta do mesmo está em evolução. Dado isto, os materiais que irao ser usados para a maquete ainda estão pendentes, mas espero realizar a minha procura/pesquisa esta semana.

Relatório 6

Temo ter um plano para a maquete um pouco pequeno. Não tenho bem ideia de como resolver o assunto.Alguns materiais para a mesma já estão recolhidos e prontos a usar, mas falta começar em concreto o trabalho.


Trabalho crítico — número 20 - Marta Martinho

Aspetos a avaliar:

- Realização das memorias descritivas;

- Explicitação do abrigo tendo em conta os seguintes tópicos:

#Local de construção
#Nº de pessoas que abriga
#Plano de desmontagem

- Qualidade do desenho em perspetiva

De 6 relatorios, a aluna nº20 não tem nenhum em falta, usando sempre uma linguagem cuidada e adquada.

Originalmente a ideia era usufruir da casa num espaço de clima mais polar, mas de seguida a aluna alterou este pormenor. Em diante manteve se a mudança.

Máximo de 2 pessoas (limite estabelecido). Construção e utilização favorável ao mantimento do calor no interior, uma excelente ideia.

Talvez a divisão do abrigo em 5 partes seja uma ideia pouco favorável à desmontagem e ao transporte, não concordo com esta decisão da aluna.

A técnica de encaixe para as paredes, teto, e chão pode ser complicado de se criar, talvez não tenha sido uma boa escolha para um trabalho assim.

 O desenho da casa em perspetiva é um pouco complicado de imaginar fora do papel, e não parece ter uma infraestrutura confortável. Embora a qualidade do mesmo é elavada, bem colorido, bem desenvolvido.

Tornando se repetitiva nos últimos relatórios, perde um pouco a noção de que se empenha, mas resultados conclusivos só mesmo no fim.

© José-António Moreira